quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Professor


Professor

Um ombro acolhedor

Um amigo

Acolhido

.

Pessoas dispostas

Que abrem as portas

De uma percepção

É simples, seguir ou não

.

Um caminho trilhado

Obstáculos driblados

Uma conquista

Uma atitude simplista

.

Teu saber

É um acolher

Uma possibilidade

Para um ser crescer

.

É uma luta diária

Dificuldades são várias

Mas sabem o caminho

Um atalho assim é rapidinho

.

Uma fonte de inspiração

Que me comove o coração

Uma teia a tecer

Que estás a aprender

.

Meu sonho é viver

Cada dia de cada vez

Para um dia talvez

Ser como vocês

Com muito labor

Ser um dia professor


10 comentários:

  1. Muito apropriado para o dia de hoje:)

    ResponderExcluir
  2. Eu amo meus professores,
    É uma relação formidável, pois além da amizade temos o crescimento intelectual.
    Muito bom o poema!
    formidável
    Também como Ana disse:
    Apropriado ;)
    Abraççoo

    ResponderExcluir
  3. e ainda é poeta...
    ai ai[suspirando]

    L.

    ResponderExcluir
  4. É bom saber que alguém se preocupa e admira os professores, mais uma vez parabéns pelos textos.
    Te adicionei no msn.
    Um beijo :*

    ResponderExcluir
  5. Olha só, heim! Se eu mostrasse esse poema lá na minha faculdade, a galera ia ficar toda feliz! haha Muito bom! =)

    ResponderExcluir
  6. AMO OS PROFESSORES!
    Uma linda e árdua profissão!
    Teu poema ficou lindo!
    Parabéns!
    Beijos
    ;*

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Mário,

    Belo texto!
    Também fiz um post inspirada nessas figuras...

    AO MESTRE ENÓLOGO
    Meu verso é novo.
    Frutado, pouco tânico e com acidez agradável.
    Vinho jovem, com medo de não prestar ao envelhecimento.
    É sob seu crivo que minhas palavras respiram tranquilas.
    És um decanter silábico.

    ResponderExcluir
  9. Alguns não me marcaram muito, mas em compesação, tenho professores queridos que levarei para sempre comigo!

    ResponderExcluir